Saiba como antecipar seu 13° salário em 2022!

Fizemos um guia completo sobre o que você precisa saber antes de antecipar o seu
Por Banco24Horas
01/12/2022
format_align_left 6 minutos de leitura

Quem nunca passou por algum aperto financeiro inesperado durante o ano? É comum passar por isso após uma perda de emprego, inflação alta ou com o surgimento de alguma despesa a mais que não estava dentro do planejamento. Nesses momentos, inúmeras possibilidades de ajuda passam pela nossa cabeça, não é mesmo? Porém, uma que tem sido muito comentada nos últimos tempos e já foi utilizada por diversas pessoas é a antecipação do décimo terceiro.

O 13º salário é uma lei trabalhista assegurada graças à Constituição Federal e pela Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) desde 1962. Ela garante a todo empregado com carteira de trabalho assinada, uma gratificação de final de ano. Para calculá-lo, divide-se a remuneração integral por doze (número total de meses no ano) e a multiplicação do resultado pelo número de meses trabalhador. Apesar de variável, esse valor costuma ser muito próximo ao salário mensal do colaborador. De acordo com as normas da nova reforma trabalhista, este valor necessariamente deve ser pago pelo contratante em duas parcelas: a primeira entre 1º de fevereiro e 30 de novembro; e a segunda até 20 de dezembro.

Outras informações importantes a respeito do décimo terceiro salário são referentes a prazos e direitos. Antes de cogitar pedir sua antecipação, é preciso saber por exemplo, que empregados dispensados por justa causa não tem acesso a esse benefício. Além disso, todo empregado que tiver mais de 15 faltas sem justificativa no mês poderá ter descontos no seu 13º salário, proporcionalmente ao período. 

Mas afinal, o que é a antecipação do 13° salário?

A antecipação do décimo terceiro é um tipo de empréstimo em que por meio de um banco ou instituição financeira, você tem acesso antecipado ao dinheiro equivalente a remuneração desse benefício. Durante qualquer época do ano, usando desse serviço, você recebe o adiantamento desses valores para poder resolver problemas importantes, quitar dívidas, pagar por despesas médicas ou até mesmo investir em algum negócio próprio. No momento em que você recebe o décimo terceiro pago pela sua empresa, deve então devolver esse valor ao banco, obviamente com acréscimo de juros.

Apesar de cada banco possuir suas normas próprias para conceder o direito a esse adiantamento, as principais regras para ter acesso a antecipação da sua remuneração é ser aposentado ou pensionista do INSS ou trabalhador de carteira assinada de qualquer empresa pública ou privada atuante em território brasileiro. Ademais, por se tratar de um empréstimo relativamente simples e com baixos riscos de inadimplência, visto que se trata de um dinheiro com retorno garantido, são extremamente raros os casos em que alguém não tem o adiantamento do décimo terceiro autorizado. Mesmo assim, a opção mais segura é de que antes que você planeje como irá utilizar esse dinheiro, consulte seu banco sobre a viabilidade de solicitação dessa concessão.

Como solicitar a antecipação do meu 13°?

A solicitação de antecipação do décimo terceiro salário pode ser feita em diversas instituições financeiras. Grande parte das fintechs, empresas de crédito e bancos públicos e privados do Brasil já oferecem esse serviço, cada um com suas próprias regras de aceitação, limites, critérios, documentos solicitados, juros pré-fixados e normas de devolução. 

O processo pode ser feito em grande parte das vezes pela internet. Por meio do próprio aplicativo da instituição, você pode acessar a opção “Antecipação do 13°” e requisitar o serviço. Ali, você terá acesso aos termos de adesão que irão te explicar a respeito dos juros, como funcionará o seu acesso ao dinheiro e quando ele deve ser devolvido. Com apenas alguns cliques você já conseguirá o dinheiro disponível em sua conta, evitando burocracia e atrasos no recebimento.

Caso você prefira fazer esse processo tirando dúvidas específicas e com uma explicação mais clara de como esse empréstimo funciona, basta se dirigir a agência do seu banco que fique mais próxima. Lá, você poderá conversar com um atendente que irá explicar com mais detalhes como a antecipação funciona e te concederá o dinheiro necessário.

Vale a pena fazer esse empréstimo?

É sempre importante lembrar: empréstimos não devem ser feitos com frequência e não podem ser vistos como a primeira solução para ter acesso a dinheiro em momentos de aperto. O recomendável é sempre possuir uma reserva de emergência que deve ser usada somente em casos de extrema necessidade. Logo, a antecipação do 13° salário deve ser solicitada apenas se realmente não houver outra maneira de conseguir o dinheiro necessário no momento.

Entretanto, é válido destacar que dentre as inúmeras modalidades de empréstimo, a antecipação do décimo terceiro continua sendo a mais recomendável. Como já foi dito, ela apresenta baixos riscos e tem um funcionamento simples. Muitas vezes, ela é solicitada para quitar dívidas que possuem juros maiores do que os que ela cobra. Nesses casos, por exemplo, ela se apresenta como uma solução muito viável, visto que não é difícil de ser quitada e dificilmente irá te trazer mais problemas de endividamento.

Antes de decidir sobre pedir ou não a antecipação do seu décimo terceiro no seu banco de preferência, lembre-se que a devolução do dinheiro com juros acontecerá justamente no mês em que acabamos fazendo mais compras: dezembro. Logo, avalie a possibilidade de precisar replanejar suas ideias para as datas comemorativas próximas ao Ano-Novo. Caso opte definitivamente por adquirir esse empréstimo, entenda que será necessário economizar mais em organizações de festas ou viagens de Natal e/ou Réveillon. 

Outro ponto muito importante a ser considerado quando se faz a opção por pedir esse tipo de empréstimo é lembrar de que a devolução te tirará a possibilidade de contar com essa quantia próximo ao mês de janeiro, justamente quando fazemos o pagamento de impostos como IPTU e IPVA.

Para evitar dores de cabeça em momentos de dificuldade financeira, é preciso ter acima de tudo, um planejamento bem definido. Com a ajuda de uma reserva de emergência, por exemplo, fica mais fácil poupar dinheiro e evitar criar despesas, como um empréstimo por exemplo. Quer saber mais sobre isso? Então clique aqui e aprenda sobre planejamento financeiro familiar e como aplicá-lo na sua rotina, diminuindo gastos e aumentando receita.

Fique por dentro das nossas novidades.
Segurança financeira
Baixe o e-book sobre segurança financeira
Planilha financeira
Baixe sua planilha financeira

Mais Lidos

nathalia-arcuri
Educação financeira
7 dicas de como começar a investir com Nathalia Arcuri, do Me Poupe!
como-conseguir-descontos
Educação financeira
Como conseguir descontos e economizar (muito) dinheiro?
sacar sem cartão (1)
Caixa eletrônico
Quais operações podem ser feitas sem o uso do cartão físico?
Recomendados para você

Como pagar seu IPTU nos caixas eletrônicos do Banco24Horas?

Você não precisa pegar fila de banco para pagar o seu IPTU. Conheça a praticidade de quitar esse imposto em um caixa eletrônico do Banco24Horas!

Dinheiro em espécie: como ele chega até você?

Como o dinheiro em espécie é produzido? Conheça com a gente as regras para emissão e o caminho que ele percorre até o seu bolso!

Dinheiro em espécie: e o poder dele na sua conta!

Você sabia que o seu dinheiro em conta bancária ajuda a fortalecer a economia do país? Explicaremos como isso acontece!

Dinheiro em espécie: qual é a sua força no Brasil?

O dinheiro em espécie está com os dias contados? Longe de cair em desuso, o papel-moeda registra crescimento de circulação no Brasil.

Dinheiro em espécie: as vantagens para a economia e sociedade

Você acredita que a utilização do dinheiro impresso vai acabar? Conheça fortes argumentos para a longa permanência do dinheiro impresso em nossas vidas.

Dinheiro em espécie: como surgiu o papel-moeda?

Você sabe como o dinheiro em espécie ganhou força na economia e várias versões pelo mundo? Entenda a evolução desse documento com a gente!

Dinheiro em espécie: vamos conhecê-lo melhor?

O Banco24Horas te convida a acompanhar uma série de artigos sobre a história e evolução dessa forma de pagamento.

Benefícios de uma recarga pré-paga

Que tal conhecer o processo de recarga pré-paga elaborado para os gift cards? Explicamos tudo o que você precisa saber sobre essa compra de créditos!

O que dar de presente: 9 ideias para surpreender

VER TODOS OS CONTEÚDOS

keyboard_arrow_right
Fique por dentro das nossas novidades.
Deixe seu email aqui (fique tranquilo, não fazemos spam)