O que é psicologia financeira e como usá-la a seu favor?

Veja como utilizar a psicologia financeira ao seu favor!
Por Equipe do Banco24Horas
18/05/2021
format_align_left 4 minutos de leitura

Quem não quer ter um dinheiro sobrando todo mês pra aquele tipo de programinha especial, como pedir um jantar diferente? Pois é! E vamos te contar uma coisa: muitas vezes, não dá pra matar uma vontade dessas porque impulsos e emoções atrapalham o controle das economias. É aí que está a importância da psicologia financeira.

Sabe aquela promoção do seu e-commerce favorito que apareceu na tela prometendo 50% de desconto? Vendo que você poderia ter o item pela metade do preço, o impulso falou mais alto e a compra foi concluída. Mas será que isso não tem um impacto no orçamento mensal? Bem, a resposta é clara: sim! O apelo emocional acaba pesando muito nas decisões.

Mas temos também uma boa notícia: dá pra não permitir que as emoções controlem o seu bolso. É um trabalho de criar novos hábitos, que começa com a parte da psicologia e chega até a educação financeira. O que acha de entender mais sobre isso e tirar o melhor proveito? Contamos tudo pra você aqui!

O que é psicologia financeira?

A psicologia financeira é como a gente chama o estudo e a análise do comportamento das pessoas quando o assunto é o uso do dinheiro. Ou seja, como impulsos e emoções podem fazer com que você gaste o que não tem ou faça uma compra desnecessária. Entender mais sobre o assunto é o jeito certo de alcançar maior controle financeiro.

A geladeira da sua casa quebrou e você não pode ficar sem uma, não é mesmo? Essa vai ser uma compra mais racional: é uma necessidade, e qualquer escolha vai ser baseada após uma análise. Afinal, você não vai comprar uma geladeira na primeira loja ou site que visitar, né? Vai pesquisar, encontrar um modelo que atenda ao que você busca e encontrar a melhor opção financeira, o famoso consumo consciente.

Só que várias das decisões sobre dinheiro não são tão racionais. Uma promoção em um aplicativo de entrega de comida vai fazer com que você pague por um jantar que poderia ser trocado por uma refeição com os alimentos que já estão na sua casa. E quando você passa por uma vitrine e compra uma roupa porque viu o anúncio de desconto progressivo? São situações de impulso.

O que a psicologia financeira faz, então, é identificar os comportamentos de cada pessoa pra entender quais são as soluções dos problemas. Afinal, não existe uma receita sobre como conquistar objetivos — os tipos de renda e os comportamentos sobre o uso do dinheiro são variáveis, dependendo da realidade.

Quais são os fatores que influenciam a nossa relação com o dinheiro?

Beleza, agora que você já sabe o que é psicologia financeira, podemos te falar sobre o que realmente impacta a nossa relação com as finanças. Vamos entender melhor?

Padrões familiares

A educação financeira infantil tem ganhado cada vez mais espaço nas famílias, mas nem sempre foi assim. E isso pode ser um problema, porque os padrões familiares são responsáveis pela forma como uma pessoa vai lidar com o dinheiro.

Alguém que cresceu com pais sempre atolados em dívidas pode se acostumar, por exemplo, com compras que nem precisava fazer e o pior: muitas vezes, sem nem ter o dinheiro na mão.

Ainda que não de um modo consciente, esses exemplos ao longo da vida são básicos para a formação do perfil financeiro do adulto. Logo, quando temos pessoas em casa que poupam e fazem investimentos certeiros, podemos desenvolver um comportamento positivo no futuro.

Cultura social

A cultura social também tem um impacto na relação que construímos com o dinheiro. Pra se ter uma ideia, dados do Relatório Global do Sistema Previdenciário 2020 mostram que 90% dos brasileiros com mais de 25 anos não fazem uma poupança pensando na aposentadoria. Isso também causa um efeito na forma como as pessoas agem.

Como são poucos aqueles que têm o pensamento mais econômico, as conversas sobre o tema não são tão frequentes. E essa cultura ao redor afeta muito a forma como lidamos com as finanças. Mas é possível que as pessoas se informem e se interessem sobre o assunto — inclusive, é isso mesmo o que você está fazendo ao ler o nosso conteúdo aqui no blog!

Como usar a psicologia financeira a seu favor?

Bem, você já viu que não é tão fácil driblar as emoções quando falamos de dinheiro, né? Mas sem desespero: é possível trazer a psicologia financeira para o seu lado. Descubra como nas próximas linhas!

Note os seus padrões comportamentais

O primeiro passo é entender mais sobre o seu comportamento. Basta olhar para os pequenos impulsos e emoções que despertam o desejo de consumir ao longo de um dia, por exemplo.

Entender a psicologia é a única forma de utilizá-la a seu favor! E fica mais fácil identificar quais são os hábitos que devem ser corrigidos fazendo um exercício de autoconhecimento.

Tenha metas de mudança

Percebeu que promoções das suas lojas preferidas são um ponto fraco no seu controle financeiro? Então, é importante começar a definir metas pra ajustar a rota.

Uma dica pode ser definir um limite máximo de dinheiro que pode ser utilizado pra todas as compras em um mês. Assim, dá pra começar a controlar melhor seus padrões comportamentais.

Invista na sua educação financeira

Buscar conhecimento sobre como cuidar das finanças também é muito importante. Você pode aprender mais sobre as tarifas e condições que os bancos oferecem e descobrir como aplicar o dinheiro pra render mais, por exemplo. A educação financeira é parte importante da psicologia financeira e a busca por mais conhecimento faz toda a diferença.

Falar ou pensar sobre o que fazemos com o dinheiro pode ter sido um tabu por bastante tempo, mas está mais do que na hora de mudar essa visão e ter boas conversas sobre o assunto. Assim, a gente consegue cuidar melhor do que ganha ou tem. E é claro: quanto mais cedo esse processo começa, mais inteligente é o uso do dinheiro.

A psicologia financeira é um conceito importante pra você aprender sobre as melhores escolhas. Mas agora, que tal começar a levar o conhecimento para a prática? Entenda como a planilha de controle de gastos pode te ajudar!

Fique por dentro das nossas novidades.
Segurança financeira
Baixe o e-book sobre segurança financeira
Planilha financeira
Baixe sua planilha financeira

Mais Lidos

nathalia-arcuri
Educação financeira
7 dicas de como começar a investir com Nathalia Arcuri, do Me Poupe!
como-conseguir-descontos
Educação financeira
Como conseguir descontos e economizar (muito) dinheiro?
sacar sem cartão (1)
Caixa eletrônico
Quais operações podem ser feitas sem o uso do cartão físico?
Recomendados para você

É possível fazer saque no cartão de crédito? A gente te conta aqui

Saque no cartão de crédito: veja as principais informações pra saber como fazer essa operação no dia a dia.

Presente para dia dos pais: 6 ideias baratinhas pra acertar gastando pouco!

Ainda não comprou o presente de Dia dos Pais? Sem problemas, preparamos um artigo com 6 dicas pra você acertar em cheio na hora de presentear o seu pai!

O que fazer nas férias? Veja dicas pra se divertir em casa com a família!

Aquela folga tão esperada está chegando e você não sabe o que fazer nas férias? A gente dá algumas dicas neste artigo!

Índices econômicos: quais são os principais e como eles influenciam sua vida financeira?

Você sabe quais são os principais índices econômicos e os motivos pra ficar de olho neles? Confira em nosso conteúdo!

Tudo que você precisa saber sobre formação de preço

Você sente que o negócio não consegue um retorno proporcional ao esforço que exige? Pode ser uma falha de formação de preço. Confira!

Ainda vale a pena andar com dinheiro na carteira? Confira!

Você tem o costume de andar com dinheiro na carteira? Saiba que usar notas e moedas pra compras e pagamentos tem vantagens. Saiba mais!

O que é cadastro positivo? Entenda aqui e agora!

Um nome sujo é aquele que tem dívidas. Mas você sabe o que é o cadastro positivo? Explicamos tudo neste artigo!

Veja como fazer festa junina gastando pouco pra aproveitar com a família

Você sabe como fazer festa junina gastando pouco? Pra ver como aproveitar a data mesmo em casa e curtir com a família, pegue as boas dicas do nosso blog!

Como economizar no presente do Dia dos Namorados?

Economizar no presente do Dia dos Namorados é importante pra não comprometer o orçamento doméstico. Neste artigo te mostramos como!

VER TODOS OS CONTEÚDOS

keyboard_arrow_right
Fique por dentro das nossas novidades.
Deixe seu email aqui (fique tranquilo, não fazemos spam)
Téo ChatBot