Confira como o rendimento de poupança funciona

Não sabe como é feito o cálculo da poupança? Confira o post e descubra!
Por Banco24Horas
23/02/2022
format_align_left 3 minutos de leitura

Um bom rendimento na poupança nunca é apenas uma questão de percentual de ganho. Pra quem não é da área de economia, pode parecer assustador pensar em todos os detalhes que envolvem essa avaliação.

A gente vai explicar pra você de um modo fácil de entender, mas é importante que saiba da necessidade de considerar, por exemplo, os objetivos que você tem em guardar dinheiro. Se a ideia é poupar pra época de aposentadoria, pra fazer uma viagem no final do ano ou se pra proteger da inflação, o raciocínio precisa ser diferente.

Além disso, tem o cenário econômico e os descontos de impostos de cada rendimento, se desejar fazer uma comparação. Como são muitos os detalhes, muita gente tem dúvida sobre quanto dinheiro vai ganhar na poupança, mas aprender sobre isso é fundamental pra saber em que e como aplicar seus recursos, principalmente, se esse é o seu momento de começar a investir.

Então, confira os tópicos abaixo e tire todas as suas dúvidas!

Como a poupança funciona?

Pra começar, temos uma curiosidade pra contar. É que a poupança surgiu no Brasil em 1861. Foi por meio de um decreto de Dom Pedro II que as regras desse investimento foram estabelecidas, com o objetivo de estimular que as pessoas guardassem dinheiro.

Ela foi destinada aos moradores de baixa renda que, especialmente naquela época, não tinham alternativas tão seguras. Como contava com o aval do governo imperial, essa população podia se sentir mais confiante ao investir.

Havia regras definidas, como o percentual de juros e o limite de valor pra depósitos. Claro que essas normas mudaram desde então, mas a lógica aplicada não é tão diferente. É muito fácil abrir uma poupança, independentemente de quanto você tem pra investir, e esse tipo de aplicação não envolve grandes riscos.

O que é a taxa Selic?

Pra entender o cálculo da poupança, é preciso conhecer os índices e taxas usados na conta. Entre eles, está a Taxa Selic, ou simplesmente Selic. Ela é determinada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom), e significa Sistema Especial de Liquidação e Custódia, que é usado para o registro de compra e venda de títulos emitidos pelo governo.

Resumindo de uma forma simples pra você, a Selic é a taxa de juros desses títulos, ou seja, a que o governo paga quando eles são resgatados. Se um banco compra um desses títulos, sabe que poderá resgatá-los em um prazo determinado, acrescido de juros, justamente, a Taxa Selic.

Se você precisa de dinheiro, não pode fazer como o governo e emitir um título, determinando o quanto vai pagar de juros, certo? São os bancos que definem o percentual, de acordo com as regras de mercado e com base na Taxa Selic, que, por isso, é conhecida como a Taxa Básica de Juros.

Como funciona o rendimento de poupança?

Além da taxa Selic, o cálculo da poupança também considera a Taxa Referencial de Juros (TR). Como o próprio nome diz, ela corresponde a juros de referência, usados como indexador de inflação. Basicamente, a indexação era um mecanismo adotado pra minimizar os efeitos de conviver com aumentos de preços diários, gerados nos períodos de hiperinflação.

Consegue imaginar? Chegar todos os dias ao supermercado e encontrar preços diferentes pra quase todos os produtos? De qualquer maneira, o que importa pra entender o uso da TR no cálculo da poupança é que, atualmente, ela não apresenta grande variação. Na verdade, permanece zerada desde 2017.

Outro ponto importante a considerar é que o rendimento da poupança é mensal. Por isso, se você fizer um depósito e retirá-lo antes de 30 dias, não será remunerado. Contudo, ao manter o dinheiro na conta de poupança, ele será acrescido de juros todos os meses.

Qual é o rendimento da poupança?

Se você buscou informação sobre a poupança pra saber onde guardar o dinheiro, tem um interesse especial em saber quanto vai ganhar com ela. Você vai entender como o cálculo é feito no próximo tópico, mas precisa conhecer outros detalhes, antes.

É que o rendimento muda se a conta poupança for aberta em nome de uma empresa ou no seu nome, por exemplo. Isso porque empresas privadas com fins lucrativos pagam 22,5% de imposto sobre o rendimento da poupança. Esse valor não é cobrado de pessoas físicas. 

Além disso, é fundamental manter atenção às mudanças na legislação. Até 2012, a lei vigente estabelecia uma remuneração de 6% ao ano. Por isso, qualquer um que tiver um depósito feito antes disso continua recebendo esse percentual de ganho. No entanto, depósitos feitos a partir de 3 de maio de 2012 recebem a remuneração de acordo com o cálculo que explicaremos abaixo.

Como o valor do rendimento da poupança é calculado?

Como adiantamos pra você, o rendimento da poupança é calculado com base na Selic. Quando essa taxa é superior a 8,5% ao ano, a poupança paga um juros de 0,5% ao mês + a TR (Taxa Referencial de Juros). Como você já sabe, a TR está zerada desde 2017, portanto, não altera o cálculo.

Quando a Selic está abaixo de 8,5% ao ano, o rendimento da poupança é calculado a partir de 70% da Selic + TR. Por exemplo, no caso de uma Selic de 8%, a remuneração da poupança é calculada do seguinte modo:

70% da Selic (8% × 70% = 5,6%) + TR (que é 0) = 5,6% ao ano

Quais as alternativas à poupança?

Não é apenas a remuneração que você precisa considerar pra comparar investimentos. Se você já sabe o que é liquidez, vai entender facilmente essa informação. Afinal, aplicações com liquidez são facilmente convertidas em “dinheiro vivo”, se necessário.

Por isso, algumas alternativas podem não valer a pena, mesmo que ofereçam juros maiores, se você precisar do dinheiro pra qualquer fim e não puder sacá-lo no prazo, quando precisar. Por exemplo, imagine ter dinheiro aplicado e pagar juros e multa por atrasar uma conta com vencimento anterior ao dia permitido pra resgate.

A poupança é um investimento tido como conservador, ou seja, ela não oferece os maiores ganhos do mercado, mas também não gera alto risco. Inclusive, não tem problemas de liquidez. Se você necessitar sacar antes dos 30 dias, vai perder os juros, mas não terá problemas de procurar um caixa eletrônico e pegar o dinheiro.

Existem várias alternativas à poupança, mas pra compará-las, é preciso considerar objetivos. Por exemplo, se você quer fazer investimentos de longo prazo com a meta de garantir uma vida melhor no futuro, não vai conseguir grandes ganhos.

Contudo, se você só quiser fazer uma reserva de emergência, vai proteger o seu dinheiro da desvalorização da inflação e poderá sacá-lo rapidamente, se optar pela poupança. Ou seja, não existe um tipo de investimento que podemos considerar melhor do que o outro, sem avaliar outros aspectos.

Por isso, além de tirar suas dúvidas sobre rendimento poupança, vale a pena se dedicar à educação financeira, buscando um conhecimento mais aprofundado sobre o mercado e a economia. Com essas informações, já pode começar a ter mais base pra saber fazer o dinheiro trabalhar por você, como dizem os investidores.

Pensando em ajudar a tomar melhores decisões, separamos um post complementar pra que continue se informando. Confira a diferença entre conta corrente e poupança.

Fique por dentro das nossas novidades.
Segurança financeira
Baixe o e-book sobre segurança financeira
Planilha financeira
Baixe sua planilha financeira

Mais Lidos

nathalia-arcuri
Educação financeira
7 dicas de como começar a investir com Nathalia Arcuri, do Me Poupe!
como-conseguir-descontos
Educação financeira
Como conseguir descontos e economizar (muito) dinheiro?
sacar sem cartão (1)
Caixa eletrônico
Quais operações podem ser feitas sem o uso do cartão físico?
Recomendados para você

Quais são os melhores investimentos em 2022 para os brasileiros?

Descubra quais são os investimentos mais aquecidos para 2022 no Brasil e entenda como começar a aplicar seu dinheiro.

9 dicas para você poupar dinheiro todos os meses

Quer poupar dinheiro? Então, chegou a hora de conferir algumas dicas que vão ajudá-lo a fazer isso todos os meses!

Gestão de tempo: como ser mais produtivo?

Gestão de tempo: saiba o que fazer pra tornar seu dia mais organizado e produtivo. Confira tudo neste post!

9 curiosidades sobre o dinheiro no Brasil

Conheça o histórico monetário do Brasil e as principais curiosidades sobre o dinheiro em nosso país!

Independência financeira: o que é e como alcançá-la

Independência financeira versus liberdade financeira: entenda quais são as principais diferenças entre elas e saiba como se tornar financeiramente independente

Como viajar gastando pouco: confira 7 dicas

Planejamento é a chave para curtir uma viagem inesquecível sem comprometer o orçamento! Descubra dicas infalíveis aqui!

Ideias para festa junina: conheça as festas de cada região do Brasil

Sem ideias para montar sua própria festa junina? Descubra como acontecem os festejos em cada canto do país!

O que dar de presente no dia dos namorados?

Sem ideias para surpreender a pessoa amada no dia dos namorados? Veja as nossas sugestões para acertar em cheio no presente e tornar a data ainda mais especial!

Planejamento financeiro familiar: entenda o que é e como implementá-lo

VER TODOS OS CONTEÚDOS

keyboard_arrow_right
Fique por dentro das nossas novidades.
Deixe seu email aqui (fique tranquilo, não fazemos spam)
Téo ChatBot